Review: Site “The Heights” publica opinião sobre novo álbum de Bebe Rexha

Review: Site “The Heights” publica opinião sobre novo álbum de Bebe Rexha

O site The Heights publicou uma resenha sobre o álbum de Bebe RexhaAll Your Fault: Pt 1 onde falam detalhadamente as opiniões sobre cada umas das músicas. Nós traduziremos as resenhas do álbum justamente para vocês ficarem por dentro de tudo o que a mídia do mundo todo está falando sobre o álbum!

Confira:


O álbum de estreia de Bebe Rexha, All Your Fault: Pt 1, é curto, um pouco doce, e no ponto. Em apenas seis músicas, a cantora, compositora e produtora musical canta sobre todos os temas clichês que envolvem o amor. Apesar disso, sua pegada musical é algo incrível que dá ao álbum ritmos e sons únicos.

Considerando a maneira que Bebe Rexha consegue fazer músicas se tornarem hits, isso não é nem uma surpresa. Ela é o cérebro por trás de várias músicas favoritas do top 40 – ela escreveu e/ou produziu músicas para artistas como Rihanna, David Guetta, Selena Gomez e Tinashe. Não é uma surpresa que ela tomaria o mesmo rumo ao escrever músicas para si mesma.

“Escrever músicas para o meu álbum é igual escrever músicas para outros artistas,” Bebe Rexha disse durante uma entrevista com o iHeartRadio. “Eu acho que quando eu faço, não importa para quem eu esteja escrevendo, sempre faço as letras baseadas em como estou me sentindo. Eu nunca penso no artista.”

O pequeno número de músicas e o título do álbum indicam que Rexha está apenas começando, o All Your Fault: Pt 2 está com data de lançamento marcada para abril desse ano. Bebe Rexha decidiu separar o álbum em duas partes por que nesses dias em que os streams estão cheios de novas músicas, ela queria ter certeza de que teria um controle da audiência que está ouvindo a sua música. Por ela ter decidido lançar as duas partes do álbum antes do verão, a estratégia pode ser fazer com que as pessoas ouçam ambos durante todo o verão.

De qualquer maneira, a música fala por si mesma e manda mensagens altas e claras. A primeira música, “Atmosphere”, é uma música com um pop com traços de hip-hop. Bebe Rexha discute desesperadamente tentando mudar a mente de um amor não correspondido cantando, “Não tem amor o suficiente na atmosfera / Para te fazer ficar.” A música fica mais lenta durante o refrão e, não se parece muito com as outras músicas do álbum.

A segunda música, “I Got You”, é uma que todos já devem ter ouvido por aí, ela foi lançada no dia 28 de outubro de 2016 como o single principal do álbum. A música reforça a ideia de que ela faria qualquer coisa pela pessoa que ama enquanto o ritmo vai de calmo à uma explosão dançante.

A estrela do álbum é a terceira música, “Small Doses.” Começando com um ritmo “céltico”, a música é cênica e etérica, se encaixando perfeitamente em sua voz emocional. A música começa lenta combinando com a letra e explode quando a letra explora um relacionamento tóxico, falando sobre se encontrar quando você se perde em outra pessoa. Rexha canta, “Eu só posso tomar você em doses pequenas, doses pequenas / Amor você é explosivo, você sabe disso.”

Rexha colabora com o rapper G-Eazy em “F.F.F”, que significa “Fuck Fake Friends”. A música discute um dos efeitos colaterais da fama: fazer amizade com pessoas que se viram contra você e exploram a sua amizade. Ambos artistas falam que eles estão felizes pela fama que tem, não são ingratos, mas querem levantar o dedo do meio para aqueles que tentaram estragar isso.

A quinta música, “Gateway Drug” remete a ideia de que o amor é uma droga. Essa ideia não pode ser ignorada, até pelo fato de estar presente em várias outras músicas como “Your Love is My Drug”, da Kesha, “Addicted” da Kelly Clarkson, e várias outras. De alguma maneira, a batida da música é boa o suficiente para torná-la boa de ouvir.

A última música do álbum, “Bad Bitch ft. Ty Dolla $ign”, é uma decepção. A música fala sobre Rexha desafiar o seu amante, agora que ele ganhou a corrida e a ganhou, para ver se ele realmente consegue continuar com ela. Rexha canta, “Você quer uma vadia má, agora você tem / Agora você tem uma vadia má, me mostre que pode lidar com isso”. A letra não é genial e o ritmo não é envolvente.

Bebe Rexha sabe uma coisa ou outra em relação a segurar uma posição no Billbaord Hot 100 tanto para ela quanto para outros artistas. Seu single solo “Can’t Stop Drinking About You” e sua colaboração com Martin Garrix “In the Name of Love” provam o seu potencial. Esperamos que a segunda parte do álbum seja ainda melhor.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *