Bebe Rexha fala sobre a fama e o motivo de Fuck Fake Friends: “Eu não gosto do jogo de Hollywood.”

Bebe Rexha fala sobre a fama e o motivo de Fuck Fake Friends: “Eu não gosto do jogo de Hollywood.”

Depois de uma década tentando, Bebe Rexha está vivendo seu sonho, mas ela aprendeu que a fama tem um lado ruim.

A pop star explora novos ares em seu novo EP All Your Fault: Pt 1. e seu novo single com G-Eazy, “F.F.F.” (“Fuck Fake Friends”)

“A indústria é difícil,” Rexha, 27, diz à PEOPLE. “Eu acho que as pessoas só saem com você dependendo do nível que está. Isso parece terrível. Mas pessoas que não falariam comigo há um ano atrás ou há dois anos agora querem sair comigo. Eu não gosto disso. Se você não quer sair comigo quando eu não sou ninguém, então não fale comigo quando eu estiver arrasando. Então isso é meio ruim.”

A cantora de “I Got You” cresceu em Nova York e disse que mudar para L.A. para buscar sua carreira pop tem sido chocante.

“Isso dificulta achar amigos de verdade que realmente gostam de você. Não gosto do jogo de Hollywood.” ela continua. “Eu quero estar com pessoas que estão sempre torcendo uma pelas outras e realmente se importam com você como humana mais do que suas carreiras e querendo estava em sua volta na balada ou tentando entrar no seu próximo single para “melhorar”, isso é uma coisa real em Hollywood, eu não gosto disso.”

Rexha – que começou escrevendo músicas para Rihanna e Eminem (The Monster) e cantando o refrão do hit “Hey Mama” de David Guetta – já conversou sobre esse assunto na sua turnê, que, aliás, ela trouxe sua família junto para lembrar de onde ela veio.

“O que me deixa com o pé no chão é a minha família” diz Rexha cujos pais são albaneses imigrantes. “Minha mãe veio por alguns dias. Eu tenho meu irmão vendendo produtos da turnê pra mim. Ele é meu detector de merdas. Se eu fizer algo errado ou alguma besteira, ele me corrigirá; eu mantenho minha família por perto e eles me corrigem.”

De fato, até quando seu clã não está no mesmo quarto que ela, eles mantém ela de castigo.

“Minha família tem valores. A gente sempre se mantém de pé no chão e humilde,” ela diz. “Meu pai ainda me liga e grita. Ainda é a mesma coisa; não importa o que estou fazendo ou qual show estou tocando ou qual revista eu estou, ainda sou a mesma garota.”

Além da turnê, que volta em maio, Rexha está atualmente dando os retoques finais em seu próximo EP, All Your Fault: Pt. 2, que ela diz que terá colaborações de grandes pessoas, incluindo Lil Wayne.

Enquanto o All Your Fault Pt. 1 foi mais melancólico e urban, Rexha diz que a segunda parte é “momentos mais pop e dançantes, e é mais feliz.”

“Eu estou trabalhando em mais algumas colaborações, elas são incríveis, estou muito animada,” ela diz. “Por conta do sucesso da primeira parte e todo o movimento que está acontecendo com meus fãs, estão olhando mais pra minha música e colocando um holofote nela, agora sou capaz de colaborar com nomes maiores ainda – pessoas que cresci admirando. Está me dando a chance de trabalhar com pessoas que eu sempre quis. É incrível e é uma parte muito boa do álbum.”

Fonte / Tradução: Vinícius Abreu, equipe Rexha Brasil



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *