Bebe Rexha fala sobre o seu corpo, seus fãs e Martin Garrix durante entrevista!

Durante a sua passagem por Amsterdã pela All Your Fault Tour, Bebe Rexha deu uma entrevista ao “SLAM” e respondeu várias perguntas. O entrevistador falou o tópico e Bebe podia escolher se queria a pergunta fácil ou a difícil. Como vocês já devem imaginar, ela só escolheu as perguntas difíceis, então, a entrevista não poderia ter ficado melhor!

Confira a transcrição e o vídeo abaixo:


Estou aqui no backstage com Bebe Rexha. Bem vinda Bebe.

Diga meu último nome de novo, você fala bonitinho, diz de novo.

Eu disse errado? Bebe Rexha.

É assim que o Martin fala.

Legal, Martin Garrix, ok. Eu quero fazer a entrevista com você mas de um jeito diferente. Eu tenho duas perguntas, uma fácil e uma difícil.

Ok.

A última vez que você performou aqui foi no EMA em Rotterdam apresentando o show, é uma grande coisa.

Sim, foi incrível. Foi um momento que mudou minha vida.

Então, você quer a pergunta fácil ou difícil?

Difícil.

Difícil, o que você sabe sobre a Holanda?

Nãoooo, sei que estamos em Amsterdã e que a maconha é legal e eu fui em uma loja hoje e comprei para a minha amiga papel para rolar o cigarro.

Sua amiga?

Sim, e vocês têm o bairro da luz vermelha, vocês falam holandês, Martin Garrix é daqui, Afrojack é da Holanda também, vários dos maiores DJs do mundo são da Holanda e isso é tudo o que eu sei sobre a Holanda. É o suficiente?

Foi um bom trabalho. Você disse Martin Garrix, vamos continuar, você colaborou com ele na faixa ‘In the Name of Love’ e foi um grande hit mundial.

Sim.

Você também cantou no Jimmy Fallon, insano. Você quer uma pergunta fácil ou difícil sobre o Martin Garrix?

Difícil.

Uma difícil, ok. Diga um hábito ruim do Martin.

Ohhh! Acho que não é um hábito ruim, mas acho que poderia ser ruim. Ele é muito, muito bonzinho as vezes, até demais e as pessoas podem tirar vantagem em cima dele por isso mas ele é a pessoa mais doce que eu já conheci na minha vida, as pessoas devem achar que estou brincando mas ele é muito, muito bonzinho de verdade.

Quando estávamos no seu camarim para um dos shows, no Coachella do ano passado eu acho, ou Lollapalooza, ele ficava perguntando se eu estava com fome, comprou 300 dólares de Sushi para todo mundo que estava lá, muito bonzinho!

Ok, próxima categoria: o seu corpo. A fácil ou a difícil?

Difícil, vamos lá, a difícil.

Se você fosse mudar algo no seu corpo, o que seria?

Não sei, gostaria de malhar para deixar as minhas pernas menores, todo mundo acha que a minha bunda é falsa mas não é, é real e eu tenho um problema em mantê-la menor, é grande demais…

Eu não vou falar nada sobre isso agora! Eu também fiquei sabendo sobre as suas aulas de trompete, você fez durante 9 anos, você quer a pergunta difícil ou a fácil?

Difícil.

Então eu tenho uma surpresa pra você, porque eu tenho um trompete bem aqui!

Não!!!

Você ainda consegue tocar?

Não sei, acho que não!

Vamos ouvir algo!

Vou por a minha boca aqui?

Está limpo!

Não acho que eu consiga, eu não sei! Meu batom vai estragar!

Você conseguiu tocar mais do que eu, então…

Faz muito, muito tempo que eu não toco! Foi só isso que eu consegui fazer, eu não lembro as músicas!

Está ótimo!

Vamos para a próxima categoria, “Fãs”, a fácil ou a difícil?

Difícil.

Você já fez sexo com um fã?

Não! Nunca, nunca fiz. Eu não faço esse tipo de coisa. Se eu fosse rapper isso seria diferente, porque rappers fazem isso.

Última pergunta! Não é fácil ou difícil mais, só uma pergunta. O “Futuro”, qual é a sua maior meta para 2017?

Eu espera que consiga lançar o EP todo e continue viajando pelo mundo, é isso! Quem sabe comprar uma casa legal, é isso.

Muito obrigado pelo seu tempo Bebe!

Obrigada, tchau gente, amo muito vocês!

Transcrição feita pela equipe do Rexha Brasil.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *